Acompanhe nossas redes sociais

Notícias

Home / Prevenção em todas as épocas do ano

Prevenção em todas as épocas do ano

Apesar de o tempo seco e a falta de chuva não serem propícios à propagação do mosquito Aedes Aegypti, 1.153 municípios brasileiros estão sob risco de novos surtos, aponta o Ministério da Saúde.

De acordo com o Órgão, a falta de chuva não impede o desenvolvimento de novos mosquitos, apenas retarda o processo de transformação das larvas já depositadas. Isto significa que não estamos fora de perigo e todo cuidado é pouco.

Este é o momento em que devem-se tomar todas as providências para prevenir o desenvolvimento do mosquito e a disseminação das doenças causadas por ele. A prevenção ainda é a melhor arma contra o Aedes. Limpar os quintais, eliminar focos de água parada, como pneus, vasos de plantas, entulhos, etc, é um trabalho que deve durar o ano inteiro, pois nunca estamos realmente protegidos contra o mosquito.

É importante ressaltar que foi cientificamente comprovada a eficácia da água sanitária como arma contra o Aedes. Portanto, não poupe o uso do cloro em lugares onde ele pode se instalar na próxima estação. No ambiente de trabalho também é importante estar sempre atento. Ao menor sinal de foco do mosquito, não deixe de contatar alguém da administração do aeroporto para que seja feito o trabalho de eliminação do foco.

Existe uma ferramenta criada pelo Ministério do Planejamento, o Formulário de Acompanhamento das Ações Contra o Aedes aegypti, que tem como objetivo eliminar os focos do mosquito e consolidar as ações de vistoria e limpeza dos prédios e instalações públicas federais. O aeroporto de Itanhaém já recebeu sua primeira vistoria e esperamos que, em breve, todos os nossos aeroportos contem com mais esta arma contra o mosquito.

Vamos juntos combater de vez o Aedes!

 
Últimas Notícias
Durante a AVIATRADE, a VOA-SP assina com Air BP contrato de compensação de carbono.
VOA-SP SEDIA O AVIATRADE 2021

Ainda não possui nosso Cartão Combustível?

Confira aqui todos os benefícios

Saiba Mais